girl-s-face-3479712

“O homem – eternamente escravo de suas paixões pessoais – é absolutamente incapaz de imparcialidade.”

Mario Quintana

Encontramos no capítulo 15 do primeiro livro do profeta Samuel nosso texto devocional hoje onde vemos a história de um homem teimoso, e além de teimoso era também uma pessoa cega pelas suas próprias vontades e desejos.

O REI de Israel SAUL havia recebido uma tarefa para executar: Ele deveria atacar e exterminar os amalequitas, um povo que havia prejudicado ISRAEL quando eles saíam do Egito a muitos anos atrás.

E o REI SAUL recebe então uma ordem clara, direta e explícita da parte de DEUS, que ele deveria conduzir o exército de ISRAEL para o combate e deveria exterminar tudo o que fosse dos amalequitas, não deixando nada para trás.

SAUL então prontamente organiza os exércitos e parte para o ataque. Destrói os amalequitas, poupando apenas o rei deles e o melhor do gado.

Quando o profeta Samuel vai ao encontro de SAUL após a batalha, ele é recebido calorosamente pelo REI que declara ter cumprido totalmente as ordens do SENHOR DEUS.

Samuel porém questiona SAUL em relação ao que ele havia poupado. Prontamente ele já tem uma resposta: Poupamos o melhor do gado para sacrificar ao SENHOR!

Porém o SENHOR DEUS não havia solicitado isso ao rei, pelo contrário, a ordem foi clara e direta para que nada fosse poupado.

SAUL porém insiste em seu argumento de que ele havia feito aquilo com a melhor das intenções possíveis.

SAUL chama sua obediência e comprometimento parcial de obediência total, e ainda alega no final das contas que agiu assim temendo o povo.

SAUL temeu mais o povo do que ao SENHOR DEUS e seu compromisso de obediência foi comprometido por esse sentimento.

E precisamos ficar atentos, pois em muitos casos já temos instruções claras da parte de DEUS sobre muitos assuntos; através da SUA PALAVRA a Bíblia; e precisamos ter clareza em nossas ações e perceber que:

Obediência parcial é tão ruim quanto desobediência total

Essa história relatada no capítulo 15 é um exemplo claro e vívido de quão ruim isso pode ser.

Mesmo a sinceridade de SAUL relatada no restante do capítulo não pode ser vista como um motivo para deixar de se comprometer e obedecer a DEUS totalmente.

DEUS não deseja apenas sinceridade, mas sim compromisso total e irrestrito.

Você tem se empenhado em compreender a vontade de DEUS? E mais do que isso, você tem tomado passos claros em direção à obediência total?

Não fique no “quase” mas faça um compromisso de honrar a vontade de DEUS de maneira integral na sua vida.

Que DEUS fortaleça seu coração e seus passos nessa jornada!

DEUS abençoe!

Compartilhe esse devocional no Facebook !