Curta, divulgue e acompanhe nossa página no Facebook e acompanhe nossos devocionais

lindo-lote-150-selos-de-varios-paises-otimo-lote-D_NQ_NP_13907-MLB2751893027_052012-F

Chegamos ao capítulo 24 no livro do Êxodo, e agora chegamos a um ponto muito especial, onde Moisés apresenta ao povo as estipulações da aliança, do contrato que está sendo estabelecido entre eles e o SENHOR DEUS. A libertação do Egito tinha um propósito muito especial, de maneira que aquele povo deveria tornar-se o “povo de DEUS” e representá-Lo aqui na terra.

E o verso 8 destaca de maneira especial que essa aliança estabelecida entre o SENHOR DEUS e a nação de Israel foi selada com sangue. Moisés aspergiu o sangue do sacrifício sobre o povo, indicando assim que o sangue derramado era o selo da aliança.

O povo agora estava assumindo um compromisso com DEUS, através desse pacto, dessa aliança que está sendo firmada!

E  de fato é importante notarmos como DEUS se revela de maneira coerente e maravilhosa por toda a Sua palavra. Vemos na Bíblia que o argumento que DEUS estabeleceu é coerente do princípio ao fim.

Lemos na carta aos Hebreus no capítulo 9, verso 22 “sem derramamento de sangue não há perdão”. E DEUS já estava providenciando esse perdão de maneira temporária, com sacrifícios de animais, que na verdade apontavam para o sacrifício perfeito que seria providenciado no futuro na pessoa de JESUS, o filho de DEUS!

João relata em seu evangelho que o “cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo” havia surgido, era JESUS, o CRISTO, que derramaria seu sangue para assim efetuar o perdão perfeito e definitivo dos nossos pecados!

Que maravilha conhecer a DEUS, que providenciou o sacrifício perfeito, para tirar o pecado e reconciliar o homem com ELE novamente.

Você já aceitou esse sacrifício, reconheceu sua condição diante de DEUS e se reconciliou com ELE?

Que DEUS nos abençoe!

Anúncios