Curta, divulgue e acompanhe nossa página no Facebook e acompanhe nossos devocionais

Sunset Zoo in Manhattan, KS.

Chegamos ao capítulo 8 no livro do Êxodo e a situação está cada vez mais complicada. Moisés e Arão foram convocados por DEUS para apresentar ao Faraó a mensagem divina de libertação “deixe meu povo ir”, porém o Faraó se mantém duro, relutante e resistente, e o juízo divino sobre ele e sobre os falsos deuses do Egito começa!

No capítulo 8 DEUS traz mais três juízos sobre o Egito: Os sapos que inundam a terra, posteriormente temos piolhos sobre toda a terra e por último nesse trecho as moscas que invadem o país.

Interessante notar que cada juízo tem uma clara relação com alguma divindade egípcia,  no caso do sapo, que era um animal sagrado no Egito, a deusa com a cabeça de um sapo, Heqt, que segundo a  mitologia local auxiliava as mulheres durante o parto, e veja a ironia, já que se ela ajudava no parto, haveriam então sapos nos quartos e até mesmo nas camas. Imagine a frustração ao tentar realizar qualquer atividade doméstica em um casa infestada por sapos, ou mesmo chegar exausto do trabalho e encontrar uma cama forrada com sapos.

O próximo juízo, dos piolhos não pode ser reproduzido pelos homens da religião do Egito, os sacerdotes, que foram humilhados e obrigados a reconhecerem que aquilo se tratava de uma intervenção divina.

E o terceiro e último juízo apresentado nesse capítulo faz uma separação do local onde o povo de DEUS estava, de maneira que a terra deles não foi afetada por essa última situação.

E ao final de tudo o Faraó diz que vai libertar o povo, mas são apenas palavras ao vento, afinal assim que a situação se resolve, ele volta atrás e continua resistente!

E a grande lição para nós é que a desobediência e a incredulidade trazem somente tristeza, sofrimento e aflição. Faraó e o Egito estão experimentando os frutos amargos dessa postura e na verdade grande parte das lutas e dificuldades que enfrentamos em nosso dia-a-dia derivam da nossa postura que desconsidera o que DEUS diz.

Importante lembrar que desobediência não é apenas ir contra o que DEUS diz, fazer algo contrário, mas também ao deixar de fazer algo que DEUS sinaliza para nós, portanto tome cuidado e não seja indiferente à palavra de DEUS, pois quem desobedece engole sapo.

Que DEUS nos abençoe!

 

 

Anúncios