Curta, divulgue e acompanhe nossa página no Facebook e acompanhe nossos devocionais

a-importancia-do-rio-nilo-2

Chegamos ao capítulo 7 no livro do Êxodo, onde vemos a história da família de José, que estava no Egito a muitos anos e agora se vê escravizada e oprimida pelo Faraó. Moisés e Arão são levantados por DEUS para a dura tarefa de confrontar o Faraó e exigir a libertação do povo.

Moisés então vai ao Faraó novamente e apresenta a mensagem divina, mas o Faraó continua resistindo, afinal, ele não quer ceder e reconhecer que DEUS é superior e tem poder sobre ele. Faraó continua relutante e resistente.

DEUS então começa, de maneira surpreendente, a lidar com o Faraó e com o Egito. Importante notar que DEUS está confrontando o Faraó, que se considerava um deus, e também todos os deuses do Egito, para assim mostrar que ELE é o SENHOR Soberano que exige obediência.

E o primeiro ato divino foi contra justamente o grande rio Nilo, considerado um rio sagrado, sendo a origem do poder dos deuses e do Faraó. O fato dele sair pela manhã para se banhar no rio sugere que isso se tratava de um ritual para obter mais poder e reverenciar os deuses.

O SENHOR DEUS então, usando Moisés, fere o grande rio, transformando suas águas em sangue, mostrando assim que o grande Nilo não era páreo para o SENHOR.

E a grande verdade que podemos observar, é que no tratar de DEUS com o Faraó e o Egito, vemos que DEUS manifesta cada vez mais sua presença diante deles, e que a cada momento DEUS traz sua mensagem de libertação e esperança.

Você tem reconhecido e apreciado a presença de DEUS na sua vida?

Como você tem demonstrado sua gratidão e amor ao SENHOR pelo cuidado na sua vida?

Que DEUS nos abençoe!

Anúncios