Se gostou curta, divulgue e acompanhe nossa página no Facebook

Diferente

Continuando o projeto “Dia a Dia na Palavra 2017” (para saber mais leia aqui) vamos ler e meditar em Gênesis capítulo 47

No capítulo 47 do livro da Gênesis continuamos acompanhando a história da família de Israel, que agora está se acomodando no Egito. A fome persiste na terra conforme José havia avisado ao Faraó da maneira que DEUS havia-lhe revelado por meio de sonhos.

A população do Egito é duramente afligida pela fome, e acabam vendendo tudo o que possuem para o Faraó em troca do alimento. Até mesmo a terra foi vendida, e o Faraó tornou-se o soberano absoluto no Egito.

Entretanto tudo isso foi possível porque DEUS havia avisado a respeito da fome, e mais, Faraó creu na interpretação dada por José, e além disso, tomou as medidas necessárias para que eles enfrentassem a situação da melhor maneira possível.

José foi o canal da benção, para sua família, e para toda a nação do Egito. José avisado por DEUS interpretou o sonho do Faraó e além disso foi o homem responsável por todo o plano contra esse período de fome tão difícil.

Veja só a diferença! Abraão e Jacó ambos foram para o Egito fugindo da fome (Abraão no capítulo 12), Abraão se envolve na mentira (veja capítulo 12 verso 13) Jacó ao contrário abençoa o Faraó. O Faraó na época de Abraão foi visitado por ele e ficou feliz por ele estar indo embora. O Faraó visitado por Jacó se alegra com sua visita e propõe que ele fique, e se estabeleça na terra. Para Jacó o Egito tornou-se um lar. Para Abraão ir embora (vivo) do Egito foi ótimo.

Como a atitude correta na vida do filho de DEUS faz toda a diferença!

Jacó e José foram canais da benção divina para o Faraó, Abraão só trouxe problemas para o Egito.

E você? Traz benção e uma palavra da sabedoria divina ao seu redor ou seu comportamento e palavras só confundem e perturbam?

Que DEUS nos ajude a examinarmos nossas atitudes diariamente.

DEUS abençoe!

Anúncios