Se gostou curta, divulgue e acompanhe nossa página no Facebook

fight

Continuando o projeto “Dia a Dia na Palavra 2017” (para saber mais leia aqui) vamos ler e meditar em Gênesis capítulo 27

Chegamos ao capítulo 27, que apresenta Isaque já em idade avançada e deseja portanto deixar a casa em ordem antes de partir. Ele deseja abençoar seu filho mais velho e o chama com esse propósito no verso 1 e 2.

Ele deseja abençoar seu filho mais velho, embora soubesse que DEUS já havia dito que o mais novo seria o abençoado (confira no capítulo 25 verso 23).

Isaque deixa-se levar pelos seus sentidos, que guiam o seu coração, pois ele gostava mais do filho mais velho, Esaú, por conta da comida que ele preparava.

Ele não consegue mais enxergar, mas confia no seu paladar, olfato e tato para discernir quem está ali e que deve receber a benção!

Sua esposa, Rebeca, também está envolvida, mas tentando garantir a benção divina para seu preferido, Jacó, que ouve a instrução da mãe para enganar o pai.

E embora toda a confusão esteja armada, DEUS ainda faz prevalecer a Sua vontade e Sua promessa feita à Abraão e a Isaque.

A benção é dada a Jacó (mesmo com toda a confusão) e a vontade de DEUS prevalece.

Quando saímos da vontade de DEUS perdemos nossa paz e nosso relacionamento com DEUS. Nossa vida começa a ficar bagunçada porque nos afastamos Daquele que É paz, amor, justiça, bondade e perfeição.

A família de Isaque sofreu os efeitos das decisões erradas, e tiveram que conviver com isso por um bom tempo, mas o plano de DEUS não foi frustrado!

Quão mais fácil para eles seria viver debaixo da vontade perfeita e agradável de DEUS, e assim é para nós.

Família bagunçada se põe em enrascada, saia dessa!

Que DEUS nos abençoe!

(imagem por Jim Cooke)

 

Anúncios